AMERICANA E REGIÃO SEGUEM AMEAÇADAS PELO ISOLAMENTO BAIXO

Escrito por em maio 18, 2020

O isolamento social monitorado pelo governo do Estado de São Paulo, através das companhias de telefonia celular, apontou no final de semana, mais uma vez, índice inferior a 50% em cidades como Americana, Santa Bárbara d´Oeste e Nova Odessa. Como estes dados têm sido considerados vitais para as definições de quarentena do governador João Doria (PSDB), os três municípios seguem ameaçados de não receberem autorização para flexibilização do comércio a partir de 1 de junho. Doria avisou que até 31 de maio não abre mão de nenhuma decisão tomada até agora, nem mesmo autorizou as cidades na abertura autorizada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), para salões de beleza, barbearias e academias de ginástica. Em Americana, alguns dos principais locais de movimentação intensa e consequente aglomeração são as avenidas usadas para caminhadas, corridas e exercícios físicos – Brasil e Antonio Pinto Duarte.


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]