AMERICANA TEM RECORDE DE ÓBITOS; PRESIDENTE FECHA A CÂMARA DE VEREADORES

Escrito por em junho 14, 2021

Americana jamais tinha registrado, num só dia, desde março do ano passado, número tão alto de mortos por Covid-19 como nesta segunda-feira, dia 14 de junho. A Vigilância Epidemiológica confirmou mais 22 óbitos em decorrência da doença. A primeira medida por conta deste índice assustador foi tomada pelo presidente da Câmara, Thiago Martins (PV), que fechou o prédio para o público, a sessão de quinta-feira será só para vereadores e imprensa, e servidores só entrarão na Casa de Leis se forem de extrema necessidade. Além dos óbitos, foram registrados mais 256 casos de Covid-19, sendo 102 após realização de testes rápidos, dos quais 93 estão em isolamento domiciliar e nove já se recuperaram; e 123 após exames PCR, dos quais 13 estão em isolamento domiciliar e 110 estão recuperados. Nesse total de 256 casos, também estão incluídos os 22 óbitos e nove pacientes internados. Todos os leitos do Hospital São Francisco e Unimed estão ocupados. No Hospital Municipal, ocupação de leitos com respirador é de 80%, enquanto sem respirador é de 137%. No Hospital São Lucas, 100% ocupados leitos com respirador e 68% sem respirador. O prefeito Chico Sardelli (PV) informou à Vox 90 que nesta terça se reúne com prefeitos da região para tomada de novas medidas. Estas foram as 22 mortes anunciadas hoje:

– Homem de 48 anos, que morava na Vila Biasi. Estava internado no Hospital Municipal e faleceu em 10 de junho. Tinha diabetes;

– Homem de 60 anos, que morava na Vila Bertoni. Estava internado no Hospital Municipal e faleceu em 9 de junho. Tinha diabetes e doença renal crônica;

– Homem de 63 anos, que morava no bairro São Manoel. Estava internado no Hospital Municipal e faleceu em 8 de junho. Não há informação de comorbidade;

– Homem de 58 anos, que morava no bairro São Jerônimo. Estava internado no Hospital Municipal e faleceu em 3 de junho. Tinha diabetes e doença cardiovascular crônica;

– Homem de 46 anos, que morava na Vila Cordenonsi. Estava internado no Hospital Municipal e faleceu em 6 de junho. Sem informação de comorbidade;

– Homem de 58 anos, que movava no Nova Carioba. Estava internado no Hospital Municipal e faleceu em 8 de junho. Sem informação de comorbidade;

– Homem de 58 anos, que morava no Parque Novo Mundo. Estava internado no Hospital Municipal e faleceu em 10 de junho. Sem informação de comorbidade;

– Homem de 71 anos, que morava no Jardim da Paz. Estava internado no Hospital Municipal e faleceu em 8 de junho. Tinha diabetes;

– Homem de 48 anos, que morava na Vila Omar. Estava internado em hospital particular de Americana e faleceu em 12 de junho. Sem informação de comorbidade;

– Mulher de 50 anos, que morava no Boa Vista. Estava internada em hospital particular de Americana e faleceu em 10 de junho. Sem informação de comorbidade;

– Homem de 74 anos, que morava no Parque da Liberdade. Estava internado no Hospital Municipal e faleceu em 11 de junho. Sem informação de comorbidade;

– Mulher de 49 anos, que morava no São Vito. Estava internada no Hospital Municipal e faleceu em 10 de junho. Sem informação de comorbidade;

– Homem de 45 anos, que morava no São Luiz. Estava internado no Hospital Municipal e faleceu em 10 de junho. Sem informação de comorbidade;

– Mulher de 55 anos, que morava na Cidade Jardim. Estava internada no Hospital Municipal e faleceu em 11 de junho. Tinha diabetes;

– Homem de 58 anos, que morava no Parque das Nações. Estava internado no Hospital Municipal e faleceu em 11 de junho. Sem informação de comorbidade;

– Homem de 54 anos, que morava no bairro Santo Antônio. Estava internado em hospital particular de Americana e faleceu em 14 de junho. Tinha diabetes;

– Homem de 48 anos, que morava no Morada do Sol. Estava internado em hospital particular de Americana e faleceu em 13 de junho. Sem informação de comorbidade;

– Homem de 75 anos, que morava no Nova Americana. Estava internado em hospital particular de Americana e faleceu em 11 de junho. Tinha doença cardiovascular crônica;

– Homem de 58 anos, que morava no Jardim Nossa Senhora de Fátima. Estava internado no Hospital Municipal e faleceu em 9 de junho. Sem informação de comorbidade;

– Homem de 55 anos, que morava na Cidade Jardim. Estava internado no Hospital Municipal e faleceu em 9 de junho. Tinha doença hepática e doença neurológica crônicas e diabetes;

– Mulher de 59 anos, que morava no Balneário Riviera. Estava internada no Hospital Municipal e faleceu em 7 de junho. Sem informação de comorbidade;

– Homem de 86 anos, que morava na Vila Cordenonsi. Estava internado no Hospital Municipal e faleceu em 10 de junho. Sem informação de comorbidade.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]