Ana Maria Braga fala que foi demitida da Record após brigar com bispo

Escrito por em setembro 22, 2020

Ana Maria Braga em entrevista ao Roda Viva, na TV Cultura, revelou a verdadeira história sobre sua saída da Record, em 1999.

Ela disse que sua demissão ocorreu após uma briga com o bispo Honorilton Gonçalves, ex-vice-presidente artístico da emissora. A

Segundo a apresentadora, o motivo da discussão foi pagamento de salário. “Eu tive uma briga com o bispo Gonçalves por conta de um pagamento. Ficamos chateados um com outro. Era sexta-feira à tarde. Ele me olhou e disse: Você não precisa voltar mais. Eu falei: Não quer que eu faça semana que vem? Ele falou: Não! Aí não voltei mais”, relembrou ela.

Ana Maria ficou conhecida do grande público ao comandar o extinto Note e Anote, entre 1992 e 1999. Após sua saída da emissora paulistana ela foi apresentar o  programa “Mais Você” que ia ao ar primeiramente durante as tardes, mas depois passou a ocupar as manhãs da Rede Globo.

 


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]