COMERCIANTE DE AMERICANA VAI À JUSTIÇA PARA TRABALHAR

Escrito por em abril 3, 2020

O primeiro caso de um comerciante de Americana apelar à Justiça para poder trabalhar neste período de quarentena deu entrada ontem, quinta-feira (2), no Forum. O proprietário do BarOne, localizado à Rua João Bernestein, 79, no bairro São Vito, através de seu advogado, ingressou com mandado de segurança contra a decisão do prefeito Omar Najar (MDB), que decretou o que pode abrir ou não na cidade por causa do coronavírus. Existe um pedido de liminar que está nas mãos da juíza Fabiana Calil Canfour. Ela não tem prazo para decidir, mas, a qualquer momento, pode resolver se acata ou não o pedido do comerciante. O dono do estabelecimento diz que se não voltar a trabalhar, irá à insolvência. Na ação, ele garante que tem condições de seguir as normas de espaçamento entre as mesas de seu estabelecimento.


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]