COVID-19: AMERICANA REGISTRA MAIS 6 ÓBITOS E TOTAL CHEGA A 127

Written by on setembro 3, 2020

Na tarde de hoje (3) a Vigilância Epidemiológica de Americana informou o registro de mais seis óbitos por Covid-19, totalizando 127. As vítimas são: um homem de 68 anos, da Vila Mariana, que faleceu no dia 27 de agosto no Hospital Municipal (HM) e tinha Alzheimer e hipertireoidismo; uma mulher de 69 anos, do Nova Americana, que faleceu no dia 30 de agosto no HM e tinha doença cardíaca, diabetes e imunodepressão; um homem de 67 anos, do São Jerônimo, que morreu no último dia 31 de agosto no HM e tinha diabetes e hipertensão; um idoso de 96 anos, do Jardim Ipiranga, que faleceu no dia 1º  no HM e não tinha comorbidades informadas; um idoso de 80 anos, do São Luiz, que faleceu no dia 2 de setembro em um hospital particular e era cardíaco; e um homem de 55 anos do Parque da Liberdade, que faleceu hoje, no HMe era cardíaco. Ainda nesta quinta-feira foram confirmados mais 39 novos casos da doença. Agora, o município tem 4.549 casos, sendo 127 óbitos, 13 internados, 295 em isolamento domiciliar e 4.114 recuperados; 309 suspeitos , sendo um óbito, 34 internados em hospitais e 274 em isolamento domiciliar; além de 5.445 descartados.

Ocupação de leitos

A Secretaria de Saúde ainda comunicou que até às 10h de hoje,  a ocupação de leitos destinados exclusivamente para pacientes suspeitos ou confirmados de Covid-19 é de 55% com respiradores (de 56 no total, 31 estão ocupados) e de 65% sem respiradores (de 66 no total, 43 estão ocupados). Esse percentual leva em consideração todos os leitos do município, tanto do HM, quanto dos hospitais particulares.

A ocupação de leitos apenas no HM era de: 35% com respiradores (de 17 no total, 6 estão ocupados) e 100% sem respiradores (de 19 no total, 19 estão ocupados – foi ampliado em um leito). A ocupação de leitos em cada um dos hospitais particulares de Americana está disponível no site: www.americana.sp.gov.br/coronavirus

 

Ressalta-se que os dados do boletim da Vigilância Epidemiológica com relação aos internados podem ser divergentes dos dados de ocupação de leitos em razão de alguns fatores. O principal deles é que o boletim registra apenas os casos de residentes em Americana e a ocupação de leitos pode ser de pessoas que não residem no município, por isso, não constam no boletim. Outras situações são o tempo de notificação oficial do paciente internado e ocorrências de altas ou óbitos.


Reader's opinions

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *



[There are no radio stations in the database]