Glória Maria relembra reportagem em que precisou fumar maconha

Escrito por em março 7, 2022

Gloria Maria relembrou a famosa reportagem em que precisou usar maconha na Jamaica, em 2016,

O assunto sobre viagens internacionais começou quando Serginho Groisman questionou se a comunicadora já teve algum problema com os intérpretes que a ajudavam nas reportagens. Até que entraram na ocasião em que Gloria usou maconha em uma reportagem produzida para o Globo Repórter.

Na matéria, a jornalista visitou uma tribo rastafári, a fim de mostrar mais de sua cultura, e terminou experimentando a “ganja”, nome dado para a maconha na Jamaica. No país, o uso da substância é permitido para fins religiosos. Ela explicou que não foi enganada e que sabia do que se tratava.

— Não fui enganada, sabia que era a coisa jamaicana… Que todo mundo sabe… Quer dizer, era só uma questão de traduzir pro português, o intérprete não ia saber. Talvez tenha enganado o intérprete. Mas Jamaica é Jamaica, né — comentou, aos risos.

A cena de Gloria Maria experimentando a droga logo viralizou nas redes sociais. Em 2020, ela já havia dado mais detalhes sobre como foi a ocasião:

— Fumei aquele negócio na mais radical e pura comunidade rastafári da Jamaica. Nós negociamos três meses, assinamos um papel dizendo que a gente respeitaria todos os regulamentos, inclusive rezar na entrada e fumar na saída. Depois que a gente saiu de lá, ficamos na recepção do hotel por umas cinco, seis horas, sem conseguir voltar para o quarto. Ninguém sabia onde estava. Até hoje, não sei se voltei.

FONTE: GZH


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]