MÉDICA FAZ GRAVÍSSIMA ACUSAÇÃO E APONTA SUPOSTOS “MANDANTES” DE SUA POSSÍVEL MORTE

Escrito por em novembro 10, 2021

Num vídeo postado no início da madrugada de hoje, quarta-feira (10), nas redes sociais, após fazer um boletim de ocorrência na Polícia Civil, a médica Adriana Cardoso, esposa do vereador Daniel Cardoso (PDT), fez uma gravíssima acusação. Disse ela: “Se vocês me matarem, foi a mando do prefeito, do Jesuel de Freitas, do Franco Sardelli e de alguns vereadores. Nós estamos sendo ameaçados”. Na noite de ontem (9), ela estava no Hospital Municipal Waldemar Tebaldi, de Americana, ao lado de uma mulher, quando foi alertada para não fazer filmagens em setores do local. Houve confusão e a nova superintendente da Fusame, Lilian Franco de Godoi dos Santos, foi acionada. Um guarda municipal também foi solicitado para controlar a situação. Em nota divulgada, a Prefeitura assim se manifestou: “As acusações da profissional não procedem. A superintendente do hospital registrou boletim de ocorrência sobre o ocorrido e tomará as medidas cabíveis quanto às afirmações. Toda a situação foi registrada em vídeo e teve a presença de testemunha, entre eles o guarda municipal de plantão”. Desde que foi demitida do cargo de diretora-técnica do HM, a médica Adriana Cardos vem fazendo acusações, inclusive está sendo processada na Justiça por difamação e injúria pelo seu sucessor, Luiz Antonio Adamson, e pelo presidente da Fusame, Douglas Ferreira.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]