Morre Jhonny, ariranha do Parque Ecológico de Americana

Escrito por em maio 4, 2022

O Parque Ecológico de Americana comunica o falecimento do seu exemplar de ariranha, o Jhonny, como era conhecido, de quase 20 anos. A morte foi confirmada no mês de abril e está sendo aguardado retorno do Centro de Patologia Animal do Instituto Adolfo Lutz, que deve indicar o motivo do óbito. O animal foi acompanhado pelo médico veterinário do Parque durante três semanas, quando apresentou uma fraqueza e emagrecimento de forma repentina. Desde então, foi mantido no cambeamento do recinto para um acompanhamento de alimentação e cuidados médicos. Inicialmente, Jhonny apresentou uma resposta favorável, em bom estado de atividade, alimentando-se de forma razoável e com atividade de banho natural. Após uma semana, apresentou redução do apetite e discreta apatia. Neste momento, foram administradas algumas medicações, como vitaminas e analgésicos. Com isso, ele retomou sua alimentação e sua atividade. Por se tratar de um paciente idoso, uma vez que a estimativa de vida da espécie é de 14 a 17 anos, e o animal apresentava quase 20 anos, foi mobilizada uma equipe para realização de exames mais detalhados, que seriam realizados na semana seguinte. Mas infelizmente o Jhonny não resistiu. Durante a primeira avaliação de necropsia foram encontradas alterações em rins, pâncreas, bexiga e fígado, dentre os quais processos inflamatórios e nódulos tumorais. Foram coletados materiais que foram encaminhados para análise laboratorial no Centro de Patologia Animal do Instituto Adolfo Lutz, e assim será possível diagnosticar o motivo do óbito, além de coletar dados importantes que podem aumentar o conhecimento sobre a espécie, fornecendo mais informações aos Projetos de Conservação desta espécie.

Histórico

Jhonny nasceu no Zoológico de Brasília em 2002 e foi transferido para o Parque Ecológico de Americana em 2004. Em 2013, após uma chuva forte que levou a danos estruturais em seu recinto, foi transferido ao Zoológico de Sorocaba. Em 2019, após uma grande reforma em suas dependências, retornou aos cuidados do nosso Parque Ecológico, onde permaneceu até seus últimos dias.

Fonte e imagem: Assessoria de imprensa


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]