MORTES POR COVID-19 AUMENTAM 54,92% NA RMC

Escrito por em janeiro 12, 2021

A Região Metropolitana de Campinas (RMC) fechou o período de 3 a 9 de janeiro de 2021 com um aumento de 57,73% do número de casos e 54,92% do número de mortes causadas pela covid-19 em relação à semana anterior segundo o primeiro Informativo Convid-19 de 2021 do Observatório PUC-Campinas. A mesma tendência ocorre na cidade de Campinas e nos municípios que fazem parte do Departamento Regional de Saúde (DRS-Campinas). A região é a segunda do estado de São Paulo com maior número de casos e mortes, só perdendo para a Grande São Paulo. A variação do DRS-Campinas em termos de novos casos foi de 8,25 mil casos (+59,81%); RMC 5,7 mil casos (+57.73%) e Campinas 2.094 casos (+46,74%%). Em relação à semana passada, as novas mortes tiveram alta no DRS-Campinas, 137 óbitos (+29,24%); na RMC, 110 (+54,92%) e Campinas com 38 mortes (+22,58%). Santa Bárbara d’Oeste e Campinas continuam entre os municípios com maior índice de mortes do DRS Campinas, com 125 e 128 mortes por 100 mil habitantes, respectivamente. Eles estão, inclusive, no grupo dos 25% com maiores taxas de mortalidade no estado de São Paulo. Até 9/01, foram notificados 165 mil casos e 4,3 mil mortes na DRS  de Campinas – letalidade de 2,64%. Na Região Metropolitana de Campinas (RMC) foram 121,6 mil casos e 3,3 mil óbitos, até o momento – letalidade de 2,72%. Por fim, Campinas registrou 45,6 mil casos até o momento, com 1.513 óbitos – letalidade de 3,32%.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]