Pires desiste de indicação para presidência da Petrobras

Escrito por em abril 5, 2022

O economista Adriano Pires oficializou nesta segunda-feira (4) a recusa ao convite do governo para assumir a presidência da Petrobras. Ele enviou uma carta ao ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, declinando do convite feito pelo presidente Jair Bolsonaro. Pires informou ao governo no fim da manhã que não poderia assumir o cargo por causa de conflito de interesses. Ao longo da tarde, Bolsonaro se reuniu com Bento Albuquerque no Rio de Janeiro e tentou persuadir Adriano a desistir da ideia de recusar o cargo. A indicação de Pires tinha sido bem recebida pelo mercado. A desistência dele ocorre em sequência à recusa apresentada por Rodolfo Landim, presidente do Flamengo, que foi indicado para presidir o Conselho de Administração da Petrobras e também decidiu não aceitar a proposta. A partir da oficialização, o governo corre contra o tempo para nomear outros indicados, que precisam passar pelo crivo do Conselho de Administração da estatal, que se reúne no dia 13 deste mês. A demora e as desistências geram turbulências no mercado financeiro. A B3 (Bolsa de Valores de São Paulo) fechou o dia em queda de 0,21%, cotada a 121.180 pontos.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]