Polícia Civil prende suspeito de envolvimento no assassinato de Marco Russo

Escrito por em fevereiro 21, 2022

Policiais da Divisão de Investigações Criminais (Deic) de Piracicaba prenderam, no começo da tarde de hoje (21) um homem suspeito de envolvimento no assassinato de Marco Antonio Barion, o Russo, de 52 anos, secretário de Governo da Prefeitura de Nova Odessa, em dezembro do ano passado. Os agentes de segurança cumpriram o mandado de prisão temporária de 30 dias em Nova Odessa. Ele foi levado para a sede do Deic em Piracicaba, e detalhes sobre a sua participação no crime ainda não foram divulgadas.

Homicídio

Russo que também foi presidente do Partido dos Trabalhadores (PT) de Americana, foi morto, na manhã do dia 6 de dezembro, com 13 tiros, na esquina de um condomínio de apartamentos no Jardim Marajoara, em Nova Odessa, quando saía para o trabalho. Imagens de uma câmera de segurança mostraram quando um Fiat Uno, estacionado, na Rua Rute Klavin, fecha a rua no instante da passagem do carro em que Russo estava. O atirador desce do Uno e dispara contra a vítima que faleceu no local. Após o crime, o atirador fugiu na companhia do condutor do carro.

Atualização: A Polícia Civil (PC) informou que o suspeito preso nesta segunda-feira, é um empresário de 52 anos, que mora no mesmo condomínio onde a vítima residia. Ele seria a pessoa que avisou que Russo estava saindo, para que os executores pudessem praticar o assassinato. O suspeito é dono de uma empresa de pavimentação asfáltica. Apesar da prisão, a motivação do crime ainda é desconhecida. A PC ainda não identificou os dois ocupantes do Fiat Uno. O empresário já prestou um depoimento anteriormente, e um novo interrogatório deverá acontecer nos próximos dias. 


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]