SEM DINHEIRO, APAE DE AMERICANA VAI ATRASAR O 13.o SALÁRIO

Escrito por em novembro 24, 2021

Alegando falta de dinheiro, a Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Americana) irá atrasar o pagamento integral do 13.o salário de seus funcionários. Verbas de emendas parlamentares ainda não chegaram e, por isso, o acerto não tem data definida. Um empréstimo bancário já foi feito, mas deu apenas para quitar parte do compromisso. A promessa das emendas é dos deputados Vanderlei Macris e Márcio Alvino, que somam R$ 710 mil, além de R$ 1,14 milhão da Prefeitura. Eis a nota oficial divulgada pela entidade: “A Apae vem a público trazer esclarecimentos acerca de sua situação financeira e das dificuldades com alguns pagamentos, que ainda persistem devido à situação da pandemia pelo Covid-19. Os recursos provenientes das Emendas Parlamentares (divulgados recentemente pela mídia local) ainda estão em processo de aprovação/conclusão, sem data prevista para o recebimento, portanto, ainda não foram disponibilizados para uso da instituição. Em relação à Prestação de Serviços na área de Inclusão com Responsabilidade, que teve o contrato suspenso durante 2020 e renovado em agosto/2021, consta que a APAE poderá receber o valor mensal previsto de até R$ 95.375,96, porém, o valor real é calculado de acordo com a medição de frequência. Nesses dois meses realizados de contrato, a frequência atingiu a média de 50%, ou seja, a instituição recebeu apenas metade do teto mensal previsto, entretanto, seus gastos fixos continuam os mesmos (estrutura, folha de pagamento, etc). Tendo em vista esse cenário, infelizmente, teremos dificuldades novamente para realizar o pagamento integral do 13º salário para a maior parte dos nossos colaboradores. Durante o período mais crítico de pandemia a instituição não realizou atendimentos presenciais, eventos e nem outras formas de captação de recursos; além disso, deixou de receber vários recursos que viriam de alguns convênios. Situação que agravou, ainda mais, nossa situação financeira. A APAE retornou a totalidade dos atendimentos presenciais nesse mês, já tendo exposto esse impacto financeiro em participação na Tribuna Livre da Câmara e em reuniões internas na entidade. Até o presente momento foi possível manter todos os pagamentos a fornecedores e colaboradores. No último ano (2020), foi realizado um empréstimo bancário para pagamento do 13° salário dos colaboradores, o qual foi quitado, até agora, em apenas 30%, o que inviabiliza um novo empréstimo. A APAE atende 1.100 pessoas com deficiência, desde o nascimento até a idade adulta, totalizando cerca de 15.000 procedimentos mês, precisamos muito do apoio da sociedade, através de ajuda financeira vindas de Pessoas Físicas e Jurídicas, o que pode ser efetivado através dos seus projetos de: Telemarketing, Empresa Solidária, Inclusão no Mercado de Trabalho, doação ao bazar e participação dos eventos”.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]