Temporal deixa mortos e desaparecidos no Rio de Janeiro

Escrito por em abril 3, 2022

O Corpo de Bombeiros continua hoje (3) a busca por desaparecidos após o temporal que deixou ao menos 16 mortos no Rio de Janeiro. De acordo a Defesa Civil, de 8 a 10 pessoas ainda são procuradas em Angra dos Reis, que sofreu a pior chuva da história. As buscas se concentram na região de Monsuaba e em Ilha Grande. As autoridades confirmaram neste domingo a oitava morte no município. Outras sete pessoas de uma mesma família morreram em Paraty, também na Costa Verde, e mais um óbito aconteceu em Mesquita, na Região Metropolitana do Rio, onde um advogado faleceu eletrocutado durante a enchente. Angra dos Reis nunca havia registrado um volume de chuva tão alto em apenas 48 horas. No período, a prefeitura registrou índices recorde: foram 655 mm na área que fica no continente e 592 mm na Ilha Grande, que também faz parte de Angra. O Corpo de Bombeiros informou ter resgatado ao menos cinco pessoas com vida, que foram levadas para o Hospital da Japuíba. Ainda há previsão de chuva para este domingo.

 


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]