Zeca Pagodinho leu sua biografia pela primeira vez na quarentena

Escrito por em julho 2, 2020

Um dos maiores sambistas do país e também um dos artistas mais irreverentes e simples do cenário musical, Zeca Pagodinho, fez uma revelação inusitada a Pedro Bial.

Ele que foi convidado do programa “Conversa com Bial” nesta madrugada, revelou que está desanimado com a pandemia e aproveitou o tempo livre para fazer algumas coisas que nunca fez.

Uma destas, foi ler o seu livro, que nunca havia lido antes: “Outro dia eu li o meu próprio livro, que eu nunca tinha lido” disse o sambista.

Ele se referiu a sua biografia, “Zeca: Deixa o Samba me Levar“, escrito por Leonardo Bruno e Jane Barboza, que foi lançada em 2014.

“Eu gosto da rua, do botequim, da conversa fiada, do partido alto, da favela. Estou louco para cantar o meu samba e ver os meus amigos”, revelou ele a Bial.

 


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]